O conselheiro de Geddel ajuda Geddel

O conselheiro da Comissão de Ética Pública que pediu vista do processo contra Geddel Vieira Lima foi indicado pelo próprio Geddel Vieira Lima, segundo o Estadão.

Quando isso foi descoberto, o conselheiro mudou de ideia e permitiu o julgamento do caso.

Agora o ministro “terá 10 dias para se manifestar perante a comissão”.