O contador de Lula, via Roberto Teixeira

O contador João Muniz Leite, em depoimento a Sergio Moro na condição de testemunha, contou que preencheu por cinco anos as declarações de Imposto de Renda de Lula, a pedido de Roberto Teixeira.

As declarações foram feitas por ele entre 2011 e 2015, com base em documentos recebidos do próprio Teixeira.

Muniz presta serviços de contabilidade para as empresas de Teixeira há 14 anos. Ele afirmou que nunca teve contato com Lula ou Marisa Letícia.

Veja aqui o depoimento de João Muniz Leite:

Comentários temporariamente fechados.

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem.

  1. Bom, o ministério público e o juiz moro devem ser incompetentes, pois faz quase dois anos que todos os sigilos bancários e fiscais do lula foram quebrados, as contas e declarações de imposto de renda revirados de todos os lados. Se tivesse alguma coisa errada nas contas bancárias e nas declarações, depois desses dois anos já teriam aberto outro processo?

Ler mais 3 comentários
  1. Bom, o ministério público e o juiz moro devem ser incompetentes, pois faz quase dois anos que todos os sigilos bancários e fiscais do lula foram quebrados, as contas e declarações de imposto de renda revirados de todos os lados. Se tivesse alguma coisa errada nas contas bancárias e nas declarações, depois desses dois anos já teriam aberto outro processo?

  2. Contabilidade forjada, ajeitada. Todas declarações feitas para ocultar os ilícitos, crimes hediondos praticados por essa súcia. Mentira tem perna curta. Somente a fisionomia de Sergio Moro, faz esses canalhas tremerem na base e confessarem tim tim por tim tim. Os crimes perpetrados por Dom Mortadelloni e seus asseclas estão patentes. A casa caiu.