O coronavoucher é do Centrão

O coronavoucher é do Centrão
Foto: Adriano Machado/Crusoé

O coronavoucher vai para o Centrão. Esse é o custo do escambo bolsonarista.

O plano é chutar Onyx Lorenzoni do Ministério da Cidadania e enfiar em seu lugar um plenipotenciário do Centrão, encarregado de distribuir as benesses do Bolsa Família e do novo coronavoucher.

O novo coronavoucher, como disse Paulo Guedes, só está à espera das 1.300 mortes diárias por Covid-19, um patamar que pode ser atingido em breve, com a ajudinha da cepa amazonense do vírus.

O cálculo é perfeitamente republicano: mais mortes, mais coronavoucher, mais Centrão.

Jair Bolsonaro é um mito.

Leia mais: Crusoé mostra como a corte do STF volta a ser palco de troca de farpas entre ministros, intrigas e até ameaças após o julgamento da reeleição no Congresso.
Mais notícias
TOPO