O crime de Dilma e seus cúmplices

Segundo o Estadão, deputados do PSDB e DEM “anunciaram que vão recorrer a todas as manobras possíveis para tentar obstruir a votação da revisão da meta fiscal”, prevista para hoje.

Bruno Araújo declarou:

“Vamos obstacular a CMO para não votar e já vamos tentar obstruir o relatório de receitas e despesas”.

Rodrigo Maia confirmou:

“O DEM também vai obstruir. Essa revisão é uma tentativa do governo de limpar a cena do crime”.

Ele está certo.

Aqueles que votarem a favor da revisão da meta fiscal de 2015 vão se tornar cúmplices de um crime.