O crime eleitoral mais investigado pela PF

O caixa dois foi o crime eleitoral mais investigado pela Polícia Federal no ano passado.

O órgão abriu 1.188 investigações sobre o crime, o que representa 42% do total de apurações, diz levantamento do Estadão.

No entanto, de acordo com decisão tomada pelo STF, agora cabe à Justiça Eleitoral a atribuição de investigar todos os casos de corrupção cometidos em razão das eleições.

Derrotada nas urnas, esquerda se agarra à agenda de costumes dos americanos. Saiba mais

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem;
Tempo de publicação: 4 minutos

200

Ler mais 10 comentários
    1. Não existe caixa 2, existe valor não contabilizado. Esta é a afirmação do catedrático LILS.. Foi no tempo do mensalão….

  1. Estou arrependido em votar no Bolsonaro no 1º Turno. Deveria ter escolhido outro candidato. No 2º turno não havia outra opção, era votar contra o PT ou morrer. Bolsonaro mostra-se é pior que a D

    1. Pena que o Amoedo nao teve tempo no horario eleitoral na TV. Estamos sofrendo um estelionato eleitoral praticado po uma Dilma de saia.

  2. morador de rua que rouba uma maçã para comer, pode ser tratado como ladrão(de maçãs), um político que rouba bilhões não pode ? crime eleitoral é meuzovo … é ladrão que nem o 2x condenado