O custo Delcídio

Mesmo preso, Delcídio do Amaral vem custando aos cofres públicos quase R$ 350 mil por mês. A informação foi dada por Josias de Souza. Entram na conta o salário de R$ 33,7 mil, o ao auxílio-moradia no valor de R$ 5,5 mil e os 14 assessores que somam algo próximo de R$ 300 mil.

E o petista presidiário continua como líder do governo mesmo estando preso há dois meses e doze dias.