O delator se traiu

O delator Fernando Moura, ligado a José Dirceu, foi abandonado pelos advogados depois de se contradizer em depoimento ao juiz Sérgio Mouro. Ele agora corre o risco de perder o benefício.

Na sexta-feira passada, ele negou ao juiz ter falado sobre arranjos políticos que permitiram à empreiteira Etesco virar um grande player da construção civil.

“Falei isso?”, disse Moura.

“Falou”, respondeu Moro.

“Assinei isso?”, perguntou o empresário, rindo. “Devem ter preenchido um pouquinho mais do que eu tinha falado. Mas se eu falei, eu concordo.”

Nesta semana, Moura reconsiderou as declarações, reiterando o que disse na delação. A confusão agora será apurada pelo MPF e o delator pode ser punido.

A pressão para livrar Dirceu é enorme.

Faça o primeiro comentário