O descompasso

Dois integrantes do Movimento Brasil Livre, Fábio Ostermann e Fernando Holiday, foram entrevistados por El País.

O jornal perguntou:

“Nos últimos dias, empresários, analistas e atores políticos saíram na arena para jogar água na fervura da crise. De certa forma a aposta do establishment neste momento não é pelo impeachment. Vocês não se veem isolados nessa posição radical?”

Os integrantes do MBL responderam:

“Não. Tanto é que a maioria da população defende o impeachment. Se o establishment não defende, talvez aconteça um descompasso entre o establishment e o sentimento popular. E acho que isso é uma falha democrática, que só pode ser corrigida por meio do livre trabalho da imprensa”.

É o que O Antagonista tenta fazer.

Faça o primeiro comentário

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem.

1200