O desespero do investigado Lula na Globo

O desespero de Lula pode ser medido também pelo “direito de resposta” que ele e os seus advogados pediram ao Jornal Nacional, porque o telejornal fez uma reportagem sobre a denúncia e o pedido de prisão preventiva de Lula no caso Bancoop.

Alegaram que o JN não os procurou antes de colocar no ar a reportagem. Mentira.

Depois, na tal resposta, em vez de uma defesa do investigado, atacaram o jornalismo da Globo.

Eis um trecho da réplica da Globo:

“Apesar de dizer que essa é ‘a verdade dos fatos em sua simplicidade’, o texto se alonga em mais 28 parágrafos, em 89 linhas, em que, com ironia, se dedica, não a se defender das acusações, mas a fazer críticas ao jornalismo da Globo. A emissora não é parte nas investigações a que está sujeito o ex-presidente. Cumpre apenas a sua missão de informar o povo. Respaldada pela Constituição, continuará a fazê-lo, com serenidade, e sem nada a temer.”

Faça o primeiro comentário