O desmonte do aparelho petista

Depois de demitir 81 apadrinhados do PT infiltrados no Ministério da Cultura, Marcelo Calero usou o Facebook para atacar seu antecessor, o farsante Juca Ferreira:

“Na tentativa desesperada de construir uma narrativa política, o pessoal raivoso insiste na tese estapafúrdia do ‘desmonte’ do MinC. Desmonte, para mim, é uma gestão irresponsável e incompetente, que para além de preencher mais da metade dos cargos de confiança por apadrinhados políticos, permite que o orçamento do Ministério seja reduzido a míseros 400 milhões de reais – o menor da Esplanada – e deixa como legado uma dívida de mais de 1 bilhão de reais, incluindo inúmeros editais e fornecedores não pagos, além de obras paralisadas. Isso é desmonte”.

Faça o primeiro comentário

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem.

1200