A metamorfose de Eduardo Cunha

Primeiras linhas:

O Globo: “Contra a pesada mobilização do Palácio do Planalto nas últimas duas semanas, o deputado Eduardo Cunha (PMDB-RJ) impôs uma enorme derrota ao governo, vencendo já no primeiro turno o candidato do PT, Arlindo Chinaglia (SP), e se elegendo presidente da Câmara dos Deputados”.

O Estado de S. Paulo: “A presidente Dilma Rousseff sofreu ontem uma importante derrota no Congresso com a eleição do deputado Eduardo Cunha para a presidência da Câmara”.

Folha de S. Paulo: “O governo sabe que terá de presentear os partidos aliados com cargos de segundo e terceiro escalões para amenizar o impacto da vitória de Eduardo Cunha em primeiro turno para presidir a Câmara”.

Veja: “Considerado uma eterna pedra no sapato da presidente Dilma Rousseff, o novo presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha, disse neste domingo ser “descabido” pautar qualquer pedido de impeachment contra a petista”.

Franz Kafka: “Certa manhã, ao despertar de sonhos intranqüilos, Gregor Samsa encontrou-se em sua cama metamorfoseado num inseto gigantesco”.

 Eduardo Cunha desperta de sonhos intranqüilos

Faça o primeiro comentário

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem.

1200