"O direito de expressão dos brasileiros está sendo violentado por alguns juízes do Supremo"

Ex-secretário de Privatizações, Salim Mattar fez duras críticas ao Supremo Tribunal Federal durante fórum do Instituto de Formação de Líderes de São Paulo. Segundo ele, “nossos juízes são midiáticos”.

“Se você for à França, aos Estados Unidos, à Finlândia, ao Canadá, à Inglaterra e perguntar ao cidadão comum o nome dos juízes da Suprema Corte ninguém vai saber. Nós sabemos o nome dos 11 juízes aqui, assim como nós escalamos qualquer time de futebol.”

Ao exaltar a importância do liberalismo para o avanço da economia e o papel da imprensa como pilar da democracia, o empresário afirmou que as liberdades individuais estão sendo atacadas por quem deveria protegê-las.

“Nós vemos o nosso Supremo Tribunal Federal, não vou entrar em detalhes, mas vocês estão vendo que nossas liberdades estão, de alguma forma, sendo violadas. O  direito de expressão dos brasileiros está sendo, neste momento, violentado por alguns juízes do Supremo.”

Leia mais: Diogo Mainardi: 'O super-Gilmar'
Mais notícias
Comentários
Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos. Tempo de publicação: 4 minutos
Ler 44 comentários
TOPO