Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

“O dístico de Bolsonaro poderia ser ‘conhecerás a mentira e ela me elegerá’”

"Bolsonaro e família sabem do relevo eleitoral da viabilidade do 'direito de mentir'”, diz Miguel Reale Júnior
“O dístico de Bolsonaro poderia ser ‘conhecerás a mentira e ela me elegerá’”
Foto: Alan Santos/PR

Em artigo para o Estadão, Miguel Reale Júnior diz que a banalização da mentira foi o “principal expediente” para a vitória de Jair Bolsonaro nas eleições e que o presidente e família sabem bem como se aproveitar eleitoralmente do “direito de mentir”.

O ataque de Bolsonaro ao Tribunal Superior Eleitoral e ao Supremo Tribunal Federal, em especial a Alexandre de Moraes e a Luís Roberto Barroso, encontra razão na ação das instituições da Justiça contra as contas que nas redes emanam notícias falsas, chegando-se a impedir a monetarização das mesmas.

O Estado de S. Paulo de domingo passado, em matéria de capa, denuncia que a família Bolsonaro e o escritório do ódio migram sua atuação de difusão de mentiras para as plataformas do Tik Tok e do Instagram, que não têm representação no Brasil e têm incipiente controle de conteúdo – ideais, portanto, para as “campanhas de mobilização e de desinformação”, com publicações agressivas e de confronto.

Em suma, o dístico de Bolsonaro bem poderia ser “conhecerás a mentira e ela me elegerá”.

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO