ACESSE

O divórcio litigioso entre Doria e o MBL

Telegram

A gestão de João Doria afirmou que vai multar o MBL por colar cartazes na região da avenida Paulista, informa a Folha.

Antes aliado do prefeito de São Paulo, o movimento agora ataca o plano de Doria para regular os aplicativos de veículos –os cartazes chamam o tucano de “João Desempregador”.

Quem ficou numa situação difícil foi Paulo Mathias, prefeito regional de Pinheiros (logo, subordinado a Doria) e integrante do MBL.

“Nesse episódio dos aplicativos, na minha opinião, erraram. A resolução 16 também não é do meu agrado, mas nem por isso vou sair por aí sujando a cidade”, escreveu Mathias nas redes sociais.

Comentários

  • Odorico -

    Teatro para enganar otário, na eleição para governador vão estar juntos firme e forte, MBL é só mais um puxadinho do PSDB, não achava isso no começo mas o tanto de integrante do grupo em cargos comissionados em prefeituras do PSDB pelo estado de SP inteiro mostra a verdade, cargos comissionados estes que o MBL como liberal econômico diz ser contra por inchar o estado, lembra muito a hipocrisia do PT de 30 anos atrás.

  • Impávido -

    Aécio x Dilma; MBL x Doria...qualquer resultado desse MMA é lucro para o Brasil.

  • Tony -

    O MBL divorcia, mas NÃO LARGA A BOQUINHA.... . Que liberaizihos, não!!!!!! . Ser liberal no Brasil é arrumar um carguinho público para chamar de seu, sua propriedade!

Ler 24 comentários