O DNA da propina

Lembram que o MPF prendeu a mãe e o cunhado do deputado Hugo Motta, e ainda conduziu coercitivamente a avó do peemedebista que presidiu a CPI da Petrobras?

Pois, agora, um empresário local delatou o pai de Motta por cobrar 10% de propina em obras no município de Patos, controlado pela família. Na delação, sobrou para o próprio Hugo Motta.

A corrupção, pelo visto, está no DNA dessa gente.

Faça o primeiro comentário