O doleiro era um doleiro

O doleiro Rodrigo Tacla Durán, que atacou covardemente Sergio Moro e se tornou xodó dos inimigos da Lava Jato, admitiu seu crimes à Procuradoria Anticorrupção da Espanha.

Em depoimento prestado em fevereiro de 2017, segundo a Folha de S. Paulo, ele reconheceu ter emprestado suas contas bancárias na Espanha e em Cingapura para movimentar dinheiro sujo da Odebrecht no Caribe.

Comentários

  • Nina -

    Moro manteve a compostura. Não se rebaixou ao nível de mais esse bandido.

  • ANTONIO -

    PT e corrupção tudo a ver

  • ISAIAS -

    O queridinho do PT que "desconstruiria" a lava-jato, mermão! Olha aí o que o PT quer pro Brasil, Sergio Moro jamais aceitou o depoimento desse cara como testemunha, sempre o chamou de criminoso

Ler 25 comentários