Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

O drible do TSE para contratar a Smartmatic

O TSE não vai exigir que a Smartmatic International Corporation apresente um decreto de autorização de atividades, pois considera que a empresa, com sede em Barbados, não tem filial no Brasil nem sociedade com empresa brasileira.

Ou seja, não estaria sujeita às regras do artigo 28 da Lei 8.666.

Só que a Smartmatic International compõe com a Smartmatic Brasil o consórcio que venceu o pregão para fornecimento de impressoras de votos. E, curiosamente, os representantes das duas empresas são os mesmos.

Reveja o que publicamos sobre o caso:

Exclusivo: consórcio da Smartmatic usa offshore de Barbados

Exclusivo: Cinco venezuelanos e um português representam Smartmatic no TSE

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO