O ducado petista na Petrobras acabou

Renato Duque, o operador do PT na Petrobras, foi sentenciado a 20 anos, 3 meses e 10 dias de cadeia pelos crimes de corrupção e lavagem de dinheiro no processo da Odebrecht.

Seu ducado acabou para sempre.