ACESSE

O elo da offshore do triplex com o petrolão

Telegram

A Justiça de Nevada investiga a ligação dos empresários kirchneristas Lázaro Báez e Cristóbal López com a fabricação de offshores para a ocultação de recursos desviados de contratos públicos.

No início do ano, a imprensa de lá revelou que Báez e López usaram o escritório Mossack Fonseca para criar inúmeras offshores. Trata-se do mesmo escritório que criou a Murray Holdings, dona do triplex vizinho de Lula, assim como a Global, ligada a Wesley Batista.

López foi quem comprou da Petrobras, por uma bagatela, a refinaria de San Lorenzo. O negócio foi intermediado pelos lobistas João Augusto Henriques e Jorge Luz, com ajuda do advogado Tiago Cedraz, filho do presidente do TCU, Aroldo Cedraz.

Comentários

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos. Tempo de publicação: 4 minutos
Seja o primeiro a comentar