O encontro de Caiado com Paulo Guedes

Ronaldo Caiado, governador eleito de Goiás, afirmou nesta quinta-feira que o reajuste do Judiciário terá um impacto de R$ 100 milhões nas contas de seu estado, relata o Estadão.

Em reunião no CCBB de Brasília, Caiado levou a reclamação a Paulo Guedes.

“Falei sobre a necessidade de como avaliar esse impacto. É algo que produz consequências, sequelas gravíssimas nas contas públicas. Como vai dizer a um policial, médico ou funcionário público que o estado não tem condições de melhorar o seu salário e, no entanto, tem aquelas categorias que tem prerrogativa e estabilidade constitucional e de repente têm aumento de 16%?”

A grande imprensa está atrasada no episódio do convite de Bolsonaro a Moro... Imagine o que ela está deixando de revelar para VOCÊ LEIA AQUI

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem;
Tempo de publicação: 4 minutos

200

Ler mais 37 comentários
  1. É um absurdo que o judiciário se imponha dessa maneira em detrimento do povo Brasileiro. Precisamos nos manifestar veemente contra esses absurdos indo as ruas. MBL ! contamos com vocês !

  2. O Brasil tem um grave problema: a Constituição esquerdista de 1988, que somada à falta de sensibilidade do Judiciário, STF à frente, fica muito difícil realizar melhorias. É muito difícil cons

  3. Temer tem de vetar este aumento, para o bem do Brasil! Mas como tem o rabo preso no STFl, não terá coragem para isto! No Brasil não existem estadistas, apenas políticos corruptos! Triste!

  4. Será que Bolsonaro se deixará vencer pelo MECANISMO? Vai se acovardar e voltar atrás em tudo o que prometeu? Vou dar 6 meses a ele para mostrar para que veio antes de voltar a pedir INTERV. MILITAR

    1. Duvido que esse presidente de boca aberta vai peitar!! Duvido! Rabo preso! janeiro a lei vai pegar pro lado dele, é cadeia na certa, tomara!!!…processos e o caralho JBS, porto etc…..

  5. Realmente, esta é a pergunta que fica! E os demais funcionários, como os do executivo? Não vão participar do butim? Afinal o Estado brasileiro foi criado para servir ao funcionalismo.

  6. Não esperem que Temer, com o telhado de vidro que tem, irá vetar. Está tudo acertado entre o Judiciário e o Senado. Todos são cúmplices do crime contra o Brasil. Não têm sentimento.

  7. O Caiado deveria ter se mobilizado em Brasília para tentar mudar esta votação! Mas eh melhor ir no Paulo Guedes chorar as pitangas eh a característica do político Brasileiro, imaginem a gestão d

  8. É preocupante e vergonhoso. Infelizmente o Senado agiu dessa forma irresponsável e criminosa, através de integrantes que estarão fora de foro privilegiado, com a conivência do STF. Temer pode ve

  9. Este Brasil é jabuticaba mesmo, o Judiciário é o poder que mais ganha, tem férias extraordinárias, deveria ser o exemplo e o que vemos é a mesma panela de sempre, toma lá e da cá o Brasil que

  10. Não tem vergonha esse toffoli, esses ministros do STF são deploráveis, imaginar que vamos ter menos saúde educação e segurança por causa desses vagabundos é muiiiiito revoltante.

    1. Correto sua avaliação. O Bolsonaro sozinho não vai resolver. Vamos ter que achar um meio de constranger esses ministros para que faça a coisa certa, tem muito poder e vão atrapalhar muito.

    1. Creio que ” VAI PRA RUA ” seria ideal , todos para a rua e protestar …..o POVO TEM FORÇA GENTE ….vamos protestar ????

    1. Achei a sua ideia ótima, é do interesse deles fazerem esse movimento para conseguirem governar se não o povo dos estados não vão querer saber de desculpas mas sim os serviços que esperam.

  11. Isso aí Caiado, o STF pensa que o judiciário é a Suíça e que o resto do funcionalismo e militares são a África. CANALHAS CANALAHAS E CABALHAS. Culpa da grande mídia vendida ao poder.