O encontro entre Aécio e Temer

A excelente Dora Kramer, do Estadão, relata a seguinte história na sua coluna de hoje:

“Há cerca de 40 dias, o vice-presidente Michel Temer, e o presidente do PSDB, senador Aécio Neves, tiveram uma conversa sobre um eventual governo de transição. O encontro aconteceu na casa do senador Romero Jucá, em condomínio nos arredores de Brasília.

O assunto não prosperou, inclusive porque nesse meio tempo entrou em cena o fator Eduardo Cunha. O vice-presidente quase foi pego de calças curtas em pleno exercício da ‘conspirata’ por um dos agentes de sua equipe de segurança que, preocupado com o sumiço, conseguiu falar com ele por telefone, mas não obteve a localização exata do chefe.”

No meio do caminho, há sempre um Cunha. Não precisava haver também um agente de segurança.

Faça o primeiro comentário