O estranho Partido da Mulher Brasileira

O Partido da Mulher Brasileira já possui uma bancada com 20 deputados, mas pode chegar em breve a 30. Apesar do nome, apenas 10% dos seus membros são mulheres.

Com este tamanho, tornou-se maior do que 15 outras legendas na Câmara, entre elas o PDT, PCdoB e PV. Por causa do PMB, três partidos deixaram de ter representantes na casa (PRP, PSL e PSDC) e três (PMN, PTdoB e PTC) passaram a contar com um único integrante.

A reportagem de O Globo, além desses dados, explica que o PMB vem funcionando como um ímã para o baixo clero da Câmara. O interesse dos parlamentares nanicos estaria no tempo de TV e na ajuda financeira aos diretórios estaduais.

O PMB é mais um exemplo de como o Brasil até muda, mas para deixar tudo como está.

Faça o primeiro comentário