O fator Cunha pode impedir a bandalha

O meio jurídico discute como deter a bandalha que a Orcrim instalada no Congresso quer levar adiante.

Um desembargador disse a O Antagonista que a anistia do caixa 2 e demais crimes correlatos, que os deputados querem contrabandear para o pacote das dez medidas contra a corrupção, a rigor não é inconstitucional:

“Qualquer crime pode ser objeto de anistia, inclusive o estupro. A questão central está na decisão do STF de afastar Eduardo Cunha da Câmara. Se embaraçar uma investigação justificou a suspensão do mandato do deputado, o que dizer de quem, investigado, tenta garantir a própria impunidade, por meio de uma anistia?”

Sejam quais forem os argumentos, o importante é impedir que essa gente saia ilesa e ainda afunde a Lava Jato.

Faça o primeiro comentário