O foco de ACM Neto

ACM Neto, coordenador da campanha de Geraldo Alckmin no Nordeste, também não quer falar em segundo turno sem o tucano.

“Não me permito cogitar essa hipótese. Só tenho um foco: colocar Geraldo no segundo turno”, disse o prefeito de Salvador a O Antagonista.

Leia também:

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem;
Tempo de publicação: 4 minutos

200

  1. É muito simples, quem não quer a vitória de um dos 3 POSTES do LULA (Andrade, CangaCiro e Maligna) e transformar o BRASIL em VENEZUELA vota no GERALDO 45. BUNDASUJA perde para TODOS no 2-TURNO

Ler mais 19 comentários
  1. É muito simples, quem não quer a vitória de um dos 3 POSTES do LULA (Andrade, CangaCiro e Maligna) e transformar o BRASIL em VENEZUELA vota no GERALDO 45. BUNDASUJA perde para TODOS no 2-TURNO

  2. HM 🤡🤡🤡👎😈😱 é nick escroto do veadão burro, o LUCAS SILVA. Este merdinha petralha é o CAMALEÃO dos comentaristas dos Antas. Ele é Bolsonarista, Alckmista, Cirista, Marinista. BOST

  3. Caio PINTO MURCHO é nick escroto do veadão burro, o LUCAS SILVA. Este merdinha petralha é o CAMALEÃO dos comentaristas dos Antas. Ele é Bolsonarista, Alckmista, Cirista, Marinista. Bostão!!

  4. Geraldo Alckmin perdeu na Bahia um importante puxador de voto. O deputado irmão Lázaro que aparece em segundo lugar nas pesquisas para o senado declarou apoio a Bolsonaro, deixando ACM Neto na mão

  5. Caio PINTO MURCHO é nick escroto do veadão burro, o LUCAS SILVA. Este merdinha petralha é o CAMALEÃO dos comentaristas dos Antas. Ele é Bolsonarista, Alckmista, Cirista, Marinista. Bostão!!

  6. Caio PINTO MOLENGA OBSERVADOR DE BOSTA é nick escroto do veadão burro, o LUCAS SILVA. Este merdinha petralha é o CAMALEÃO dos comentaristas dos Antas. Ele é Bolsonarista, Alckmista, Cirista, Mari

  7. Deve ser um robô enguiçado esse “sujeito” que dispara várias mensagens com o mesmo texto de apoio ao Alckmin e Ana Amélia. Se não é robô, é um idiota com síndrome de repetição.

  8. UE?? Mudou o discurso? Já? Cadâ aquela confiança e otimismo? Cadê o discurso da virada em que o “povo” iria ver um chuchu enrolado em toda sorte de investigações ser preferido pela maioria?