O fracasso da estratégia lulista

Lula disse a um amigo:

“Eu nunca fiz disputa fora da política. E agora, comigo, estão passando desses limites. Estão jogando abaixo da linha da cintura. Há um projeto para me destruir, e ao nosso legado”.

O relato, feito por Monica Bergamo, é a prova de que Lula está morto.

Sem saber o que responder à Lava Jato, só lhe restou uma saída: dizer que os procuradores e o juiz Sergio Moro estão a serviço da oposição.

A estratégia vai fracassar miseravelmente porque os brasileiros sabem que a Lava Jato persegue apenas criminosos, e não adversários políticos.

Faça o primeiro comentário