ACESSE

O futuro nas mãos de 'desanimados, irados e desnorteados'

Telegram

Josias de Souza, ao analisar os números do Datafolha divulgados hoje, escreve que “o eleitor entrou em parafuso”.

“A pouco mais de oito meses da eleição presidencial de 2018, o futuro político do Brasil está nas mãos dos eleitores desanimados (votos brancos), irados (votos nulos) e desnorteados (indecisos). Juntos, eles somam 36% do eleitorado no principal cenário sem Lula, revela o Datafolha.

É o dobro do percentual atribuído ao líder provisório Bolsonaro (18%).

A legião dos sem candidato é quase equivalente aos 39% amealhados pelos quatro potenciais presidenciáveis que se acotovelam no pelotão secundário: Marina (13%), Ciro (10%), Alckmin (8%) e até Huck (8%).

É coisa jamais vista desde a redemocratização.”

Comentários

  • Brasil -

    Hillary Clinton says hello... - Agora, até blogueiros, colunistas, analistas, cientistas, simpáticos ao pt, psdb, pmdb, ou puxadinhos nacionais, acham que Bolsonaro melhorará ainda mais. Tipo, com Lula, o povo já duvidava se ele estava mesmo em 2º, e não em primeiro. Sem Lula a dúvida vai pros ares. Sem o 9 dedos, muitos votos irão pros brancos/nulos, e o resto se distribui de forma mais ou menos iguais entre os nanicos de 1%, os que tem abaixo de 7%, incluindo Ciro e Marina, e com Bolsonaro. Mas todos sabem que Bolsonaro é um fenômeno eleitoral: – goo.gl/cPBr7x goo.gl/fRt52E goo.gl/3g3H4H goo.gl/cf4Aw5 goo.gl/bxUHrG - Resumindo a Datafoice e esses links: Jair Bolsonaro crescerá depois que o baque do "Lula estar fora" passar, e só está a espera de seu adversário de 2º turno.

  • Saul -

    Por que se perde tempo em analisar pesquisa Datafalha? Por duas vezes fui parado por uma "pesquisadora" da datafalha. Queria que eu falasse sobre aplicações financeiras e para tal teria de dizer se tenho mais de 200.000,00 em aplicações. Dá para acreditar que nesta cidade alguém é parado para responder tamanho absurdo. É a mesma coisa com essa "suposta pesquisa".

  • opressor -

    fumo neles bolsonaro , ta na hora de cortar a mamadeira

Ler 48 comentários