Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

O "garantismo" de Davi Alcolumbre

Embora seja contra a indicação de André Mendonça ao STF por Jair Bolsonaro, o presidente da CCJ garante a recondução de Augusto Aras para a PGR
O “garantismo” de Davi Alcolumbre
Foto: Reprodução/Redes sociais

Davi Alcolumbre plantou nos jornais que decidiu não pautar a indicação de André Mendonça em reação ao pedido de impeachment de Alexandre de Moraes apresentado por Jair Bolsonaro na sexta-feira.

Ninguém se perguntou, porém, por que Davi não barra também a recondução de Augusto Aras para a PGR, uma vez que Bolsonaro também indicou o nome.

O PGR, mesmo acusado de prevaricação na pandemia, tem o apoio da maioria dos senadores por seu desempenho no estrangulamento da Lava Jato e de suas congêneres.

Davi queria até colocá-lo no Supremo, mas ficará satisfeito no momento com outro “garantista”, quiçá Humberto Martins, que conta nos bastidores com o apoio de Flávio Bolsonaro e Fred Wassef — e só não emplacou ainda por sua proximidade com Renan Calheiros.

Mais notícias
TOPO