Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Pazzuelo descarta vermífugo do astronauta para Covid

Em 15 de abril, Marcos Pontes convocou coletiva para, com muita pompa, “anunciar boas notícias” em meio à pandemia da Covid-19.

Ele falou em um remédio milagroso que resolveria a situação.

“O resultado está próximo e muito em breve, se Deus quiser, a gente sai desta situação de pandemia e o país volta à sua normalidade”, disse o astronauta, à época, prevendo a tal solução para o mês de maio.

Pontes também afirmou que seria “um alívio” para todos o resultado desses estudos, porque o medicamento “não tem efeito colateral” e “pode ser usado por todos em estágio inicial da doença”.

Tratava-se de um vermífugo, como noticiamos.

Hoje, Eduardo Pazuello, ministro interino da Saúde, em comissão do Congresso, acabou de vez com o ânimo do astronauta:

“Ele não tem uma comprovação científica definida e tem sido usado como preventivo. O ministério não se posicionou ainda pelo caráter de não termos ainda uma resposta científica concordada.”

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO