O general-interventor começou mal a sua missão

O interventor federal no Rio de Janeiro, general Walter Souza Braga Netto, começou mal a sua missão, ao dizer, laconicamente, que o problema da segurança pública no Rio de Janeiro não é tão grave assim e deve-se a “muita mídia”.

Se fosse apenas uma questão de “muita mídia”, por que o governo teria decretado a intervenção? Será que o governo, ao decretar a intervenção, quis apenas “muita mídia” e o general cometeu um lapso?

Faça o seu trabalho, general Braga Netto, e deixe a imprensa fazer o dela.

“Os investidores não devem se preocupar muito com o futuro da democracia no Brasil.” MAIS AQUI
Mais notícias
TOPO