O golpe do Mercosul

O Mercosul está se intrometendo em assuntos internos do Brasil.

O presidente do parlamento do Mercosul, o kirchnerista Jorge Taiana, ontem chamou o impeachment de “golpe parlamentar”.

Hoje ele foi ainda mais longe: durante um encontro com deputados do bloco, botou todos os representantes brasileiros no fundo da sala.

Arthur Maia, do PPS, foi escalado para protestar contra os bananeiros. Em seguida, todos os deputados brasileiros resolveram abandonar o encontro, exceto os colaboracionistas Benedita da Silva e Jean Wyllys, que deu uma cusparada na soberania nacional.

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem;
Tempo de publicação: 4 minutos

  1. Parece que os engenheiros estão sendo substituídos por diplomados no Pronatec. Estão construindo verdadeiras armadilhas mortais. Qualquer bom estagiário saberia que aquele módulo de tabuleiro cairia, até mesmo com um forte vento, o famoso sotavento. No caso foi uma “sotaonda”. Um mal presságio para as Olimpíadas.

  2. Ler mais 50 comentários
    1. Parece que os engenheiros estão sendo substituídos por diplomados no Pronatec. Estão construindo verdadeiras armadilhas mortais. Qualquer bom estagiário saberia que aquele módulo de tabuleiro cairia, até mesmo com um forte vento, o famoso sotavento. No caso foi uma “sotaonda”. Um mal presságio para as Olimpíadas.

    2. Tenho 52 anos, sou carioca, e pratiquei o surf nos anos 1980-2000. Posso dizer com certeza: esta ressaca estava muito longe de uma grande ressaca, daquelas que frequentemente atingem o litoral do Rio de Janeiro. As ondas não estavam muito grandes, apenas havia uma maré cheia um pouco mais intensa pele lua cheia; foi apenas a primeira ressaca do outono-inverno. Simplesmente não existe esta justificativa de ondas gigantes.

    3. Nossa quer dizer que houve um Tsunami localizado???…vai ver foi consequência do mega terremoto no Equador… a onda gigante veio do Pacífico para o Atlântico…Onda gigante da corrupçào…

    4. A prefeitura contratou alguém para projetar a ciclovia, ACEITOU O PROJETO e pagou por ele, contratou a construção, que pronta FOI ACEITA e paga. Agora, naquele ponto, a Gruta da Imprensa, sempre que havia ressaca o mar chegava até a Niemeyer, assim não é aceitável se culpar o mar, pois deveria ter sido feito alguma proteção para as ondas não atingirem a ciclovia. Só quero ver quem vai ser o culpado pela queda da ciclovia de R$44.700.000,00, que caiu na primeira ressaca.

    5. A culpa é dos engenheiros responsáveis pela obra. A ciclovia é linda e certamente há tecnologia para que seja feita daquela forma. Não houve danos aos pilares. Mas a amarração dos blocos pré-moldados era ridícula. E a engenharia não levar em conta as ressacas de ondas fortíssimas frequentes no litoral carioca, não ter estudado uma série histórica de ondas grandes no local, foi um erro primário e inaceitável.

    6. SEmpre tem ondas gigantes sim!!! Tem altas ondas ali.. na Niemeyer e o canto ali de São Conrado sempre foi local pra surf. Sempre tem ressacas…Agora, não foi culpa da onda não! Foi mal feito! Tem uma outra construção bem abaixo da ciclovia feita em 1916, para sustentar a Av. Niemeyer, intacta. Sao uns arcos bem abaixo ali, de pedras e … se chama gruta da imprensa! Ou seja tem uma obra ali há cem anos tomando onda e a AV. Niemeyer nunca caiu!

    7. Maldade seria falar que o material utilizado na construção da ciclovia é de qualidade duvidosa para baixar o custo da obra e sobrar mais $$$ para distribuir propinas generosas.

    8. Quem conhece o litoral carioca sabe. A região é severamente castigada pela ressaca nessa época. As cenas da arrebentação hoje são comuns no local em todo litoral sul do Rio. Palhaçada falar em “ondas gigantes”.

    9. Por mais gigantes que tenham sido as ondas, com certeza são muito menores do que o superfaturamento das obras das ciclovias. Afinal, quem vai responder? O secretário de obras ou o secretário da família da construtora?

    10. Sim, foi a primeira vez que teve uma ressaca na Avenida Niemeyer, as ondas ali são sempre caribenhas, apenas ontem o mar ficou revolto, os surfistas gostam da praia de São Conrado pq o mar ali é calmíssimo! Simplesmente não tem ondas! O que ocorreu ontem foi uma onda golpista raríssima Olavo-Bolsonariana!!!! É golpe!!!

    11. A única onda que essa gente conhece é a “onda” de dinheiro. É isso o que essa gente nojenta chama de legado. O legado da copa e da olimpíada não existe, sobre elefantes brancos. O único legado deles ( PT -PMDB) e outros, é o legado da roubalheira,da farsa, da mentira, e deixaram também um país quebrado, com milhões de desempregado. Nós sabemos quem são essa gente. O prefeito Maricá ou marica, e o Lula Atibaia.Como legado deixaram também o estado do Rio quebrado.

    12. O problema é que estes cretinos não vão conseguir prender a onda, pois ela evadiu-se do local. Seria cômico se não fosse trágico. Culpam a onda pelas canalhices dos envolvidos nesta construção. País de quinta categoria!

    13. Antagonista embaixo da sinistra ciclovia há uma obra com arcos de concreto com mais de 100 anos descrita por uma jornalista da GloboNews, famosa justamente por estar intacta mesmo com ondas fortes no rebate..resistindo se avarias por tantos anos..CONTA OUTRA canalhas !! Pesquisem antagonistas, exponham a vergonha, rebatendo pontualmente as mentiras plantadas pelos incompetentes corruptos cariocas manjados, aliados do lulopetismo, Dilma lôka, bando de nefastos

    14. Não foi nada disso, foi o Estado Islâmico que explodiu a ponte. O problema é que ele comprou um relógio xing-ling vendido por um camelô petralha. Isso deveria explodir durante as olim piadas Nem terrorista aqui se dá bem ! Ja dizia Jo Soares em “viva o gordo”: NÃO MANDEM A MÁFIA PARA O BRASIL ! Ou então, como disse um comentarista, foi aquela Tsunami do Japão que só agora chegou aqui !

    15. Será que essas mortes na ciclovia farão com que o povo carioca e fluminense aprenda a votar ? Creio que não, povo que enaltece a malandragem será sempre governado por malandros.

    16. Aquela ponte famosa na Noruega leva pancada de ondas mais violentas todos os dias há quase 30 anos, já passou por 8 ou 9 furacões sem danos, então… não convence! Foi o mar sim, mas não porque ele estava mais isso ou mais assado, foi porque a porcaria foi mal construída, foi o mesmo caso daquele viaduto em de Belo Horizonte, construído pensando no preço e não na qualidade! A população não pode aceitar que digam que foi uma fatalidade, isso tem outro nome…

    17. Li uma reportagem no Estadão, onde há um vídeo com um cidadão declarando que aquelas ondas são normais, não são de ressaca grande. Link a seguir… http://brasil.estadao.com.br/noticias/rio-de-janeiro,consorcio-de-ciclovia-que-desabou-diz-que-seguiu-normas-de-seguranca,10000027433

    18. Hoje, ondulação de sul, com altura de 2,0m. Dia de ondas grandes. OK. Mas nem chega a ser uma “ressaca” de verdade. Veremos ondulações maiores ainda este ano. E no seguinte. E no outro… O ponto aqui é que aquela estrutura não foi projetada pra receber cargas vindas de baixo, das ondas justamente. A pista da ciclovia fica apenas apoiada nos pilares. Ainda, naquele ponto específico a topografia do terreno faz com q algumas ondas, dependendo da direção delas, formem um jato para cima, um “splash”. Outras ondulações deste tipo e até maiores virão. Possivelmente ainda este ano.

    19. A indecência dos políticos q governam o país se revelam principalmente em momentos iguais a este. São incapazes de fazer uma mea culpa. Nossa realidade é triste e desesperadora.

    20. A Globonews, aliada dos governos cariocas, chegou ao ponto de que uma reporter em link ao vivo, deixou de noticiar pra dar sua impressão: “eu sou carioca e sempre vivi no Rio e nunca na vida vi ondas tão grandes, mar tão agitado” É de dar nojo. Lindbergh ou Moron, os candidatos que a Globo esta trabalhando devem ser melhores que Cabral, Pezão e Paes que a Globo tanto gosta.

    21. Antagonista, boa noite, Quem é do Rio, portanto, realmente 21, sabe que ressacas de grande porte ou cabeça d´água são raras, pois envolvem variáveis de maré vento e lunação. Estas, chegam a gerar ondas dentro da própria baía de Guanabara. Não tive chances de ver o mar de ontem pra hoje, mas sempre passo pro ali. Este tipo de ondulação ou swell é cíclico e normalmente “lambe” certos trechos da Avenida Niemeyer. No entanto, o que ocorreu não foi uma fatalidade. Foi, sim, negligência! O prefeito Maricá, amigo de grampo do Lulla, o marginal de 9 dedos, tem muito o que dizer, Antagonista.

    22. Conversa fiada! Passo por ali o tempo todo. Nascido e criado nas redondezas! O RJ já teve ressacas com ondas maiores que 4 metros de altura e nada foi destruído. Pelo menos umas três vezes por ano ocorrem ressacas com ondas de 2 até 3 metros de altura. E de acordo com os sites de surf que cobrem a orla do Rio, o mar hoje pela manhã tinha ondas de 2 metros de altura.