O gosto de ver a filha usada pelo PT

O PT explorou uma menina de 16 anos para conquistar uns votos.

O Estadão denunciou o abuso, cometido com a cumplicidade dos pais da menina:

“A Comissão de Direitos Humanos, sob a coordenação da senadora Fátima Bezerra (PT-RN), promoveu debates sobre os ‘cortes de recursos para educação e saúde’, para os quais foram escolhidos a dedo ‘debatedores’ unanimemente contrários à ideia de reduzir os gastos. Não faltou nem mesmo a musa das ocupações de escola, a estudante secundarista paranaense elevada à condição de porta-voz dos fracos e oprimidos, que arrancou delirantes aplausos, e algumas lágrimas, ao declarar que os senadores que ousarem aprovar a PEC ficarão com ‘as mãos sujas de sangue’. Os pais dessa menor de idade, ao que parece, permitem gostosamente que a filha seja usada politicamente – e o mesmo ocorre com as autoridades, que deveriam resguardar a adolescente”.

Faça o primeiro comentário