O gosto pelo ridículo

Assinam a petição entregue à Corte Interamericana de Direitos Humanos os deputados Paulo Teixeira, Paulo Pimenta e Wadih Damous, além do advogado argentino Damián Loreti.

Eles pedem a suspensão do impeachment até que “se demonstre à Comissão Interamericana de Direitos Humanos e aos peticionantes e vítimas que o processo será conduzido em cumprimento a todas as garantias estabelecidas na Convenção, incluindo a nulidade das etapas transcorridas nas quais foram violadas”, registra o JOTA.

Vítimas? Violações?

Os petistas tomaram gosto pelo ridículo.

Faça o primeiro comentário