"O governo tem todo direito e a legitimidade de construir a sua estrutura", diz Alcolumbre

Após reunião com Onyx Lorenzoni, Davi Alcolumbre também demonstrou disposição de não deixar caducar a reforma administrativa de Jair Bolsonaro que reduziu de 29 para 22 o número de ministérios.

“Há divergências no Parlamento. Há partidos que pensam diferente. O Parlamento não é obrigado a ser um avalizador das matérias encaminhadas pelo governo federal. Mas compreendemos que o governo tem todo direito e a legitimidade de construir a sua estrutura governamental com base nesta medida provisória de reestruturação”, disse, segundo a Folha.

Presente no encontro, Rodrigo Maia elogiou o diálogo entre os poderes para “fazer o Brasil voltar a crescer”.

Comentários

  • Afonso -

    Pois é, mesmo assim o congresso nacional fez pressão dizendo que votaria contra para que Bolsonaro fosse para o lado negro da política velha!

  • Kalá -

    Matérias ? São PROPOSTAS, caramba. Tivesse o "parlamento" feito seu dever de casa nas últimas DÉCADAS ... Agora, atenção DEM, agora baixem a cabeça e CORRAM com o tempo da Nação.

  • Kalá -

    A compreensão desses indivíduos do que é PRIORIDADE ... Caramba. Eles não sabem nada. Não fazem o que tem de ser feito. E falam !. Têm NADA a mostrar a Nação. Inúteis tão custosos. Caros.

Ler 39 comentários