O grande padrinho

Fernando Moura, em seu depoimento a Sérgio Moro, disse que Sílvio Pereira e Delúbio Soares foram encarregados por Lula para organizar a lista dos indicados a 32 mil cargos de confiança na administração federal e nas estatais.

Moura disse que cada cargo tinha mais de dez indicações.

Se a defesa de José Dirceu se esforçar muito para livrá-lo da responsabilidade por avalizar indicações, como a de Renato Duque, pode acabar colocando o problema no colo de Lula.

Faça o primeiro comentário

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem.

1200