A mala de R$ 60 mil de Ciro Nogueira

A mala de R$ 60 mil de Ciro Nogueira
Foto: Moreira Mariz/Agência Senado

O senador Ciro Nogueira (PP-PI) moveu no mês passado uma ação contra a TAM. Ele cobra da companhia aérea R$ 60,8 mil por danos materiais por extravio de bagagem: R$ 55,4 mil em roupas e R$ 5,4 mil da mala.

Veja:

“O prejuízo material é enorme, pois esses itens foram adquiridos com muito sacrifício”, disse Ciro Nogueira, em petição enviada à Justiça do Piauí.

Segundo o processo, a mala foi extraviada de um voo de Fortaleza para São Paulo no dia 2 de agosto. Os advogados de Ciro Nogueira contam na petição que o parlamentar abriu um “processo administrativo por extravio de bagagem” no dia do voo, mas só obteve resposta duas semanas depois.

Em 14 de agosto, a TAM informou que havia mesmo perdido a mala e ofereceu crédito de R$ 3,8 mil em passagens ao senador.

Ciro Nogueira não gostou. “O vício na prestação desse serviço causou prejuízos morais e materiais ao autor. O valor proposto pelo réu para indenizar o autor é ínfimo e nem de longe cobre tais prejuízos”, disseram seus advogados, na petição.

O senador também pede R$ 10 mil de indenização por danos morais.

O processo está no Juizado Especial Cível de Teresina e desde quarta (16/9) corre em sigilo. O juiz do caso concordou com o argumento da defesa do senador de que detalhes do caso estavam sendo divulgados em redes sociais.

O Antagonista tentou contato com Ciro Nogueira, mas não obteve resposta até a publicação deste texto.

Leia mais: O DNA da corrupção: “Se gritar pega Centrão, não fica um meu irmão”
Mais notícias
Comentários
Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos. Tempo de publicação: 4 minutos
Ler 24 comentários
TOPO