O hashtag preso

As maquininhas do PT vão atazanar as redes sociais.

“Enquanto Lula entra no quarto dia de caravana pelo Sul e a CUT organiza manifestações de última hora na porta do STF e em outros pontos do país”, diz O Globo, “a hashtag #LulaLivre é a palavra de ordem.”

Temas relacionados:

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem;
Tempo de publicação: 4 minutos

200

Ler mais 32 comentários
  1. Se não existisse a internet Lula estaria livre, que venham as maquininhas do PT
    atazanar as redes sociais, antigamente era pior só existia a grande imprensa
    monopolista da informação com pretensão de dirigir a vida das pessoas.
    Nunca vi a Globo News(grande imprensa) falar bem do Donald Trump,
    parece até partido político, na internet se fala bem e se fala mal, você escolhe.
    Hoje em dia políticos são confrontados, instituições públicas são denunciadas
    em todo mundo, graças a internet.

  2. A direita reinou absoluta nas redes sociais nos últimos 4 anos. Mas chega ano de eleição, a petezada começa a sair do buraco. É claro que são robôs ou militância paga, senão, não apareceriam só em ano de eleição.

  3. Toda vez que “cut”, “mst” e a vermelhada em geral, cantam de galo dizendo que vão fazer, fazer aquilo, que vão incendiar o mundo, chega o dia, aparece meia dúzia e não dá em nada. Esse “canto da sereia comunista” já não influencia mais ninguém, já passou o tempo deles e eles teimam em não saber.