O histórico de Aelton

Aelton Freitas, do PR de Minas Gerais, foi destaque no Fantástico em 2013 graças a um vídeo em que ensina a comprar votos e espalhar fofocas sobre adversários.

Segundo Aelton, “esse cartãozinho vale R$ 100. O cara não vai votar em você. Vai votar nos R$ 100 que o cartãozinho que está no bolso dele vale. E outra: só vão pagar se tiver sido eleito.”

Além disso, de acordo com uma reportagem da Veja de 2014, Aelton também apareceu em uma lista de parlamentares beneficiados por fornecedores investigados da Petrobras.

Faça o primeiro comentário