O HOMEM DA MALA DE CABRAL

Vários delatores confirmaram que Carlos Miranda era o “homem da mala” de Sérgio Cabral. Amigo de infância e casado com uma prima do peemedebista, Miranda tinha acesso livre ao gabinete de Cabral no Palácio da Guanabara.

“Os depoimentos foram uníssonos em afirmar que Carlos Miranda era a pessoa a quem Sérgio Cabral confiou a coleta e transporte dos valores de propina exigidos das empreiteiras”, diz o MPF.

“Miranda desempenhava papel de destaque na organização criminosa, sendo o ‘homem da mala’ de Cabral.”