"O homem relatou ter sofrido bullying, porém não estudou na creche"

“O homem relatou ter sofrido bullying, porém não estudou na creche”
Foto: Simone Fernandes/Arquivo Pessoal

A Polícia Militar de Saudades, no oeste de Santa Catarina, informou que o autor do atentado que matou ao menos três crianças com menos de dois anos de idade e uma professora “relatou ter sofrido bullying”.

“Ainda segundo populares, o homem relatou ter sofrido bullying, porém não estudou na creche. Sem mais informação sobre motivação.”

A íntegra da nota da PM você pode ler aqui.

Mais cedo, em entrevista em frente à escola, o delegado Jerônimo Marçal Ferreira disse que o assassino tem 18 anos e não tem “histórico policial”.

Leia mais: Assine a Crusoé, a publicação que fiscaliza TODOS os poderes da República.
Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO