"O impacto do Lula é só no primeiro momento", diz líder do Cidadania

“O impacto do Lula é só no primeiro momento”, diz líder do Cidadania
Foto: Pablo Valadares/Câmara dos Deputados

O líder do Cidadania na Câmara, deputado Alex Manente, criticou hoje o que chamou de “decisão absurda” de Edson Fachin de anular, nesta semana, todas as condenações de Lula no âmbito da Lava Jato de Curitiba.

Para o deputado, trata-se de uma decisão “temporânea, que mostra mais uma vez que as decisões do Supremo não são sempre jurídicas, mas também políticas”.

“Depois de sete anos da operação, tomar uma decisão dessa não tem o menor sentido”, afirmou Manente a O Antagonista.

Sobre a volta de Lula ao xadrez político, como consequência dessa decisão de Fachin, Manente avalia que Lula ocupa um espaço que já é do petismo”.

“Diferentemente do que todos falaram nesta semana, eu acredito que o impacto do Lula é só no primeiro momento. Com o passar do tempo, esse discurso dele fica esvaziado e ele volta ao patamar do petismo natural.”

De toda forma, Manente defende que o fato novo da semana estimule a formação de uma “candidatura competitiva no centro”.

“Nossa lição de casa é construir essa candidatura, porque, para mim, está claro que uma candidatura de centro no segundo turno ganha de qualquer um dos extremos. Não poderemos deixar pulverizar o centro, para que a eleição não seja de novo ‘em quem eu menos odeio'”, acrescentou o deputado, que é autor da PEC da prisão em segunda instância, ainda parada na Câmara.

Leia mais: Assine a Crusoé e apoie a o jornalismo independente.
Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO