​O impeachment daqui para a frente

O processo do afastamento definitivo de Dilma Rousseff, após a admissibilidade confirmada hoje no plenário do Senado, terá duas fases:

Primeira fase

Diante da denúncia de crime de responsabilidade, aceita pelo Senado, a comissão especial (já formada) se debruçará sobre as provas. Será aberto espaço, mais uma vez, para acusação e defesa se manifestarem.

Ao fim dessa fase, senadores precisarão aprovar em plenário, de novo, por maioria simples, a procedência e continuidade do processo. A sessão será presidido por Ricardo Lewandowski.

Segunda fase

Cerca de duas semanas depois, ocorrerá o julgamento definitivo do caso. Nessa fase, Lewandowski assumirá um maior protagonismo, definindo prazos e conduzindo os trabalhos de forma mais incisiva.

O adeus a Dilma terá de ser validado por 54 dos 81 senadores.

Certamente será.

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem;

Ler 26 comentários
  1. Tirem os Políticos da Caixa e deixem que seus funcionários de Carreira assumam os destinos da Empresa. É a melhor Equipe de Gestão de Investimentos, conquistando a melhor rentabilidade há muitos anos. Os politicos tem ABUSADO da Caixa e usado a capilaridade da Rede de Serviços como um braço de intervenção e regulador de mercado, obrigando as equipes a empreenderem péssimos negócios. En5treguem aos Funcionários de Carreira e liberem a MAIOR REDE DE COBRANÇA de TÍTULOS E DE FOLHAS DE PAGAMENTOS EMPRESARIAL. OS CUSTOS SERÃO BAIXÍSSIMOS e a REDE BANCARIA TERÁ QUE REBOLAR !

  2. Só a PRIVATIZAÇÃO de todas as Estatais pode salvar o Brasil de futuras investidas das quadrilhas da esquerda. A PETROBRAS foi usada para desviar mais de Um TRILHÃO de Reais, somente nos últimos 8 anos!! E não foi a prejuízo dela, mas do Tesouro Nacional. A CEF escoou a mesma quantia, os últimos 10 anos, e a prejuízo do FAT, do FGTS, do Tesouro Nacional. Se não privatizar já, outro governo comunista assume o poder novamente e rouba o país inteiro, através das Estatais.

  3. Dois bons nomes para a CAIXA ECONÔMICA: – ROBERTO EGYDIO SETUBAL – LUIZ CARLOS TRABUCO CAPPI A PRIMEIRÍSSIMA atitude de um Presidente da República minimamente bem intencionado, deve ser se livrar dos “ralos” por onde escoa o dinheiro público: PETROBRAS, CAIXA etc.

  4. Evidentemente, Temer terá que substituir todos os presidentes de estatais (BB, Caixa, BNDES, BACEN etc), até para não ser surpreendido com o vazamento de informações confidenciais e estratégicas do governo que se inicial. Em outras palavras, sofrer sabotamento por parte dos “leais” petistas. Por óbvio, do bunker que será criado no Alvorada, com 40 integrantes, e que Lula chama de governo paralelo, Dilma e sua turma irá atrás de todas as informações possíveis e imagináveis para obstruir o trabalho do novo governo e os seus nomeados, se permanecerem no poder, irão com certeza municiá-la !

  5. –Se o presidente interino da Câmara renunciear ao cargo ou se afastar por até 120 dias, assume o 2° vice-presidente, deputado Giacobo (PR-PR). Giacobo, em 1997 ganhou 12 vezes na Loteria no mesmo ano.

  6. Occhi é funcionario de carreira do Banco ha 30 anos. Não é o unico nome a permanecer no novo governo, o proprio Meirelles ja participou da gestão PeTista e voces nao criticam – o que deveriam se usassem a mesma lógica . Isso esta parecendo pedido encomendado pelo Serra para enfraquecer este em detrimento de outro.

  7. Estou aqui só esperando o primeiro post sobre BNDES. Não há outro “tumor metástico” que provoque enorme pavor em Lula/PT que este. E não vai dar pra abrir sem “escrafunchar”. É um dos esqueletos que Temer não poderá deixar pendurado no armário, doa a quem doer!!!

  8. Cláudio e/ou Diego: por favor peçam aos líderes que vocês conheçam para que o presidente “abra o painel” de votação enquanto os colegas se exibem nos 15 minutos de fama (ou infâmia?) de cada um.

  9. É melhor Temer e Cia arrebentarem pra valer com o PT senão lá vem eles de novo com discurso vitimista e milhões desviados em propaganda pra eleger algum poste de Lula em 2018…

  10. Qual critério, competência para a viúva de Celso Daniel ser a atual presidente da Caixa. Talvez, adoçar a boca para não falar o que sabe. Se for isso, ela é de uma cretinice sem tamanho, pois o cara era o marido dela, o pai de seus filhos, imaginamos que sim.

  11. Se o presidente interino da Câmara renunciear ao cargo ou se afastar por até 120 dias, assume o 2° vice-presidente, deputado Giacobo (PR-PR). Giacobo, em 1997 ganhou 12 vezes na Loteria no mesmo ano. http://oglobo.globo.com/brasil/regimento-da-camara-preve-nova-eleicao-para-vice-caso-maranhao-renuncie-19272106#ixzz48MmqLtov © 1996 – 2016. Todos direitos reservados a Infoglobo Comunicação e Participações S.A. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribu

  12. Um nome bom para a Caixa, é pegar um funcionário de carreira, competente e que sabe as funções e os procedimentos da área. Fora isto, é politicagem e não funciona como deveria.

  13. Se o Temer quiser um bom nome, esse nome sou eu! Entro lá, ninguém rouba, faço a limpa nos petistas e preparo o banco pra ser privatizado, deixo ele na ponta da agulha! Ahahah!