O Instituto Lula combinava versões com ex-diretor da Odebrecht

As reações de Alexandrino Alencar a reportagens sobre o envolvimento do ex-presidente com a Odebrecht eram combinadas com o Instituto Lula. De acordo com o Globo, o ex-diretor de relações institucionais da empreiteira mantinha contato direto com José Chrispiniano, assessor de imprensa do instituto.

A Lava Jato encontrou mensagens trocadas entre ambos no celular de Alencar. Nelas, além da preocupação dos familiares com a prisão do ex-diretor da Odebrecht, nota-se o desejo pela demissão de José Eduardo Cardozo.