O rastro do jatinho de Eduardo Campos

A PF indiciou 20 pessoas nas investigações sobre o jatinho em que morreu Eduardo Campos, informa o Correio Braziliense.

Apontados como compradores do jato, João Carlos Lyra Mello Filho, Eduardo Freire e Apolo Santana Vieira são acusados de organização criminosa, lavagem de dinheiro e falsidade ideológica.

Segundo a delegada Andréa Pinho Albuquerque, os três eram os “principais integrantes” do esquema de arrecadação de recursos ilícitos para Campos e para o senador Fernando Bezerra.

Faça o primeiro comentário

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem.

1200