O jatinho de Malta

Jair Bolsonaro escanteou Magno Malta depois de ser informado que ele tentou emplacar no Ministério da Agricultura um apaniguado de Eraí Maggi, que lhe pagou viagens de jatinho.

Segundo o Estadão, “a família do presidente eleito reclamava que Malta não teve sensibilidade ao entrar no quarto em que Bolsonaro estava internado – após ter sido vítima do atentado a facadas – para fazer imagens. Numa das fotos, quem aparece ao lado de Bolsonaro é Maggi, levado pelo senador”.

A deputada do barulho quer ser a capitã de Bolsonaro. Leia AQUI

Temas relacionados:

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem;
Tempo de publicação: 4 minutos

200

Ler mais 78 comentários
  1. A Política é uma montanha de ‘resíduos alimentares processados e excretados por um organismo vivo’… Usei essa definição para não ser barrado pelo ‘censor do site’ usando ‘palavras sensív

  2. Assim que Bolsonaro foi eleito, iniciaram um processo de desconstrução, de vale tudo por qualquer podre de quem está próximo 2 quadras. Não irão parar, muita gente perdeu a mamata, cuidado Presi

  3. Não sabemos o que realmente está por trás dessa história, mas a foto do Magno serviu para calar a boca dos petistas que diziam que a facada era um teatro e isso foi muito bom pra campanha dele.

  4. Era pra ser o Vice Presidente mas, preferiu cuidar dos próprios interesses e não acreditou na vitória do Presidente Jair Bolsonaro, agora quer agir como o antigo governo do PT agia querendo vaga

    1. Por ser um “homem de Deus” deveria pensar no país e nos milhões de “filhos de deus” que não leem pela mesma cartilha.

    2. Certíssimo. Isto não lhe dá o direito de ficar resmungando, por aí, pelo fato de não ter sido contemplado com cargo de ministro.

  5. Eu desconfiava que Bolsonaro tinha alguma informação suja contra Malta e minha desconfiança se confirmou. Por isso que Malta foi preterido como ministro por Bolsonaro. Ainda tem mais coisa!

    1. Só os desinformados se solidarizam com os rejeitados. Não é tarefa fácil do presidente lidar com a escória ‘amiga’.

  6. Seria interessante se O ANTAGONISTA “checasse” a matéria de um site petista Brasil 247, sobre o futuro ministro dos transportes. Onde há fumaça, há fogo, e o Bolsonaro não pode ter telhado de v

  7. Meu receio é: Até agora só militares ocupando cadeiras e, evangélicos também, não vi ninguém civil e de outra religião ocupando algum cargo, alguém poderia me dizer se estou errada me aponte

    1. Com esse nome “Dilma” (ái ái ái) deve ser mesmo desinformada ou absolutamente ignóbil: então o Paulo Guedes, Sérgio Moro e outros tem que ter rótulos de religiões, patentes militares? Vá do

    2. Vc é cego ou ainda assiste televisão???? Muita mídia, muita TV e muits perfis em redes sociais e leituras de blogs, geram ENERGUMENISMO

  8. Imaginei algo que arranhasse a ética,para que Magno Malta não fosse aproveitado pelo novo governo.Tenho simpatia por suas posições no senado,mas isto prova a mudança de rumos a partir de 2019

  9. Quer bater no Magno Malta, pode bater… Agora, o que esse cara fez na campanha de Jair Bolsonaro no Nordeste, não teve um do alto comando militar que fez… Aparecer depois da eleição é fácil…

    1. Ou seriam voces minions que estao meio que se transformando em Mavs petralhas ? Temos que separar voces Bolsominions de nós Bolsonaristas. Nao seja cego e fútil cidadao.

  10. Vamos escantear o embaixador o embaixador petista em Paris, que foi auxiliar de Lula e colocou o petista Lívio Amaral na sinecura fundação “Casa do Brasil em Paris”, com mandato.

  11. A foto foi de um oportunismo e insensibilidade atroz, não bastasse a violência sofrida pelo Jair cavou imagens de “solidariedade” apostólica, um perfil que vai além do assustador.

  12. O comportamento dele com o Bolsonaro no hospital, principalmente em Juiz de Fora, fora desnecessário, assim como quando confirmada a eleição, aquela oração forçada e fora de hora.

    1. Caraca, o tipo vai passar fome em Paris: 3.200 euros não são nada lá. Mas, enfim, é passar a brioches e champã em Paris.

  13. Muita coisa Bolsonaro terá que filtrar. São muitas mazelas. Por exemplo, tem um petista em uma sinecura em Paris, assumindo agora, no governo Bolsonaro. Casa do Brasil em Paris. Petista, corpo e alm