O jornalista Alberto

Os investigadores da Zelotes, segundo os documentos obtidos pelo Valor, detectaram uma série contradições nos depoimentos prestados por Luleco e Mauro Marcondes.

Por exemplo:

– “No dia 4 de novembro, Luís Cláudio disse à PF que prestou consultoria a quatro projetos. As minutas desses contratos diferem de todas as outras apreendidas pela Zelotes e juntadas ao inquérito policial”.

– “O contrato de maior valor – R$ 1 milhão – tinha como objeto ‘elaboração de análise de marketing esportivo para a indústria automobilística nacional visando a Copa do Mundo de 2014 e as Olimpíadas de 2016’. A data do documento é de 2 de de junho, dez dias antes de a Copa do Mundo começar”.

– “Luís Cláudio disse à PF que conheceu Marcondes no primeiro semestre de 2014, quando procurava patrocínios para o campeonato de futebol americano organizado por sua empresa. Já Marcondes alega que a contratação da LFT foi feita especialmente para dar subsídio ao projeto da construção do centro de exposições e que foi apresentado ao filho de Lula por um jornalista, do qual diz recordar apenas o primeiro nome: Alberto”.

Faça o primeiro comentário