O “legado civilizatório” de Haddad

Fernando Haddad está sendo investigado pela Lava Jato. Segundo delatou Alberto Youssef, por exemplo, ele foi eleito com dinheiro roubado da Petrobras — 2,5 milhões de reais pagos por Ricardo Pessoa, da UTC.

Fernando Haddad foi enxotado pelos eleitores paulistanos porque fez uma das piores administrações da cidade de São Paulo.

A Folha de S. Paulo, no entanto, disse que Fernando Haddad deixa um “legado civilizatório”. E que “passados quatro anos, Fernando Haddad não deixa de ser considerado um político sério; nestes tempos de Lava Jato, não é pouco para um homem público, mas não bastou para São Paulo”.

O PT tem de ter um futuro.

Faça o primeiro comentário