​O operador suíço da Odebrecht

O Ministério da Justiça requereu às autoridades judiciárias da Suíça que o suíço-brasileiro Bernardo Freiburghaus, operador de propinas da Odebrecht, seja intimado a esclarecer sua participação no petrolão, informa o Estadão.

Freiburghaus foi denunciado pelo MPF, juntamente com Marcelo Odebrecht e outros executivos da construtora, por corrupção, lavagem de dinheiro e organização criminosa.

A Lava Jato persegue esse lobista há mais de um ano — leia aqui.

Faça o primeiro comentário