ACESSE

O loteamento do ódio

Telegram

Tercio Arnaud Tomaz ganha 13 mil reais no gabinete do ódio do Palácio do Planalto.

A Folha de S. Paulo diz que ele descolou também um cargo para sua mulher, Bianca Diniz Arnaud.

Ela é lotada em cargo comissionado na Secretaria-Geral.

Leia mais: Comprovação do elo entre a Presidência da República e o gabinete do ódio complica Bolsonaro. Clique e leia

Comentários

  • Cirval -

    Iguala-se ao PT na forma de roubar o nosso dinheiro. É verdade que os valores são infinitamente menores, mesmo se considerarmos o conjunto de blogueiros, as boquinhas dos militares e amigos, etc.

  • Inacio -

    A Folha só não gosta porque ele ganha 13 mil.

  • Edelson -

    ISSO É O SINDICALISMO BOLSONARISTA, ENQUANTO MAIS DE UM MILHÃO DE BRASILEIROS, ESTÃO NA FILA DO INSS SENDO HUMILHADOS, PRA RECEBER SEU BENEFÍCIO DE DIREITO. FDP!!!

Ler 35 comentários