O manifesto do “Seminarista”

A Folha de S. Paulo, assim como o Estadão, descreve as manobras para livrar Lula da cadeia.

De acordo com o jornal, “movimentos sociais divulgam nos próximos dias um manifesto em defesa da democracia e contra as perseguições a Lula”.

O manifesto diz que “são preocupantes os caminhos pelos quais enveredam acusações e processos” e critica as “medidas de exceção que viraram rotina na Lava Jato”.

Os responsáveis pelo documento são João Pedro Stédile e Rogério Sottili.

Rogério Sottili foi o principal assessor de Gilberto Carvalho, o “Seminarista” para o qual a Odebrecht encaminhava seus pedidos a Lula.

Faça o primeiro comentário