ACESSE

"O mercado aplaudiria de pé"

Telegram

O Estadão perguntou a Alexandre Schwartsman como o mercado reagiria a um eventual impeachment de Jair Bolsonaro.

Ele respondeu:

“O terceiro, em cinco presidentes eleitos? Desconfio que o mercado aplaudiria de pé a troca (pelo vice, Hamilton Mourão), a elevação do adulto na sala à Presidência. Já eu, por menos que goste do presidente, acredito que seria um atestado de imaturidade institucional. Pode até melhorar a chance de aprovação da Previdência, mas sugere que o País tem graves problemas de estabilidade política. Na prática, seria como se o Brasil tivesse se tornado parlamentarista, sem as benesses desse tipo de regime.”

Esse papo só atrapalha a reforma.

Olavo de Carvalho, o “guru” de bolsonarismo, atacou os generais que compõem o núcleo duro do governo em seu canal do YouTube. Acompanhe aqui!

Comentários

  • CRodrigues -

    O cara é fraco. Um verdadeiro pateta. Além de mentir mais que o Pinóquio. Ciro Gomes 2022. Juntos por um país sem fakenews.

  • M.T.Oliveira -

    Impeachment de um Presidente eleito com mais de cinquenta milhões de votos? Sonhar não faz mal a ninguém!

  • RORAIMEIRA -

    A pergunta certa e ideal para fazer é: Como o mercado e os cidadãos de direito reagiriam, se os ex-presidentes Dilma e Temmer fossem presos junto com lula.

Ler 366 comentários